Envios gratuitos para compras apartir de 30€

Telefone 234184433 (custo chamada local)

Voopoo Drag X & S

A Voopoo está a agitar a indústria de vaping com duas novas versões da famosa linha de mods DRAG. O DRAG S e o DRAG X são dois AIOs estilo mod pod que usam as mesmas resistências PnP da linha Vinci e, de várias maneiras, estas novas Drag parecem ser sucessores diretos do Vinci e do Vinci X, respectivamente. Ambos os dispositivos estão equipados com o chipset GENE-TT, com capacidade de 4,5 mL e recarregam através de uma porta USB Tipo C. O S tem uma bateria interna de 2500 mAh, enquanto o X usa uma 18650 o que faz com que pareça mais um mod, especialmente porque um adaptador 510 está previsto para ser lançado.

 

 

Preço: 39,90€ a 42€

Cores: Classic, carbon fiber, retro, mashup, chestnut, marsala, galaxy blue

Será este um sucessor do famoso Vinci?

Tudo indica que sim, estamos perante uma novo chip com novas funcionalidades, o design mantem-se compacto e desta vez mais arrojado com uma suave pega tipo couro, (não conseguimos ainda saber se a voopoo utilizou couro).
A autonomia é sem dúvida o ponto mais forte onde a vinci falhava, com 2500 mah na versão S e com a porta usb c a autonomia deixou de ser problema.
O sistema de cartuchos com íman e as famosas resistências pnp foi mantido realçando o lançamento das novas PNP-VM6 desenvolvidas especialmente para este novo mod pod.
O ecrâ tem cores fantásticas e com bastante luminosidade. Ficamos à espera de saber se serão lançadas capas de silicone para dar maior proteção.
O chip trouxe uma nova função, um género de sistema de classificação que controla todas as suas passas e atibui uma classificação a cada uma e desbloqueando medalhas ao longo do tempo, esta função ocupa quase metade do ecrâ e a meu ver é engraçada mas completamente desnecessária.

Cartuchos melhorados

Os cartuchos estão agora mais fáceis de recarregar e com espaço suficiente na abertura para abastecer com frascos de pipeta (conta-gotas), a borracha para selar está também mais resistente. Para trocar as resitências basta puxar a usada, colocar a nova e fazer uma ligeira pressão para a fixar, a máquina assume os watts recomendados para cada reistência automáticamente, basicamente o mesmo sistema que tinhamos no Vinci e que funcionava bastante bem.
A versão S permite utilizar a máquina sem termos de pressionar o botão de fire função esta que não está incluída na versão X, também como tinhamos no Vinci e Vinci X por isso se és um fã do sistema de ativação automática a Versão S é a ideal.

Performance e resistências

Ambas as versões vêm equipadas com 1 resistência 0,3 ohm, a versão X traz ainda uma resistência mesh 0,15 a nova PNP-VM6 para utilizar entre 60W a 80W e a verão S vem com uma mesh 0.2 ohm PNP-VM5 para usar entre os 40W e os 60W.
Estas duas novas resistências foram redesenhadas tendo os furos de entrada de líquido mais pequenos o que assustava em termos absorção mas o seu desempenho provou ser melhor até que a preferida pnp-vm1.
A produção de sabor e de vapor é surpreendente, o Vinci já tinha surpreendido todos e agora a Drag conseguiu subir ainda mais a fasquia, estamos no ponto em que ter um rta ou um rda deixa de compensar se o que se buscava era melhorias de sabor e níveis de vapor.

Vantagens

    • Excelente qualidade de construção.
    • Design moderno.
    • Pega suave.
    • Cartuchos transparentes para melhor controlar níveis de líquido.
    • ímans fortes.
    • Sem perdas de líquidos.
    • Excelente qualidade de sabor e de vapor em ambas as resistências.
    • Grande variedade de resitências disponíveis.
    • Fácil utilização.
    • Drag S com boa autonomia 2500mah.
    • USB Tipo C.
    • Carregamento rápido (1h 20m) aproximadamente (Drag S).
    • Airflow bastante regulável .

Desvantagens

  • Nova função de conquistas desnecessária.
  • Drag X faz reset ao relógio ao trocar a bateria.
  • Airflow bastante regulável
  • Alguns podem não gostar das letras DRAG na pega
  • A boquilha pode ficar um pouco quente com resistências mais baixas.

Review

Em suma, a Drag S e X vieram para ser Best Seller, não há duvidas que é um Mod Pod apetecível e sem dúvida será o AIO do Ano 2020.
Se já tem uma Vinci e está a pensar se vale a pena investir neste modelo, acredite que sim principalmente se tem o modelo de bateria integrada pois estamos a falar de uma melhoria de autonomia de mais 1100 mah. Se tem um Vinci X na minha opinião não vale a pena mudar até porque pode utilizar as novas resistências VM5 e VM6 na mesma.
Se não teve uma Vinci e está a pensar começar a utilizar um pod, este é sem dúvida o modelo que vai querer investir.

Deixe um comentário
Envios Gratuitos

Envio gratuito apartir de 30€

Garantia

Equipa de suporte e garantia.

Envios Internacionais

Fazemos envios para todo o Mundo

Compras Seguras

Multibanco/ MBWAY / Cartões