Envios gratuitos para compras apartir de 30€

Telefone 234184433 (custo chamada local)

cbd vape e oleos

Conheça melhor o que é o cbd e como funciona


Ultimamente, o canabidiol (CBD) tem vindo a ganhar destaque no universo do bem-estar. Desde óleos e tinturas até gomas e produtos tópicos, os artigos com CBD estão agora disponíveis nas prateleiras de todo o mundo. Apesar de muitas pessoas já terem experimentado pessoalmente os benefícios do CBD, é fundamental compreender a ciência por trás deste composto cada vez mais popular. Ter uma noção de como o CBD interage com o corpo é crucial para tomar decisões informadas sobre o seu uso e explorar as possíveis aplicações terapêuticas.

CBD o que significa

O CBD é um fitocanabinóide, ou seja, um composto canabinóide derivado de plantas. Ele representa um dos mais de cem canabinóides presentes nas plantas de cannabis, abrangendo variedades como cânhamo e marijuana. Em contraste com o seu parente notório, o tetra-hidrocanabinol (THC), o CBD não possui propriedades psicoativas, ou seja, não causa a sensação de “moca”.

A principal fonte de obtenção do CBD é a partir de plantas de cânhamo, as quais apresentam níveis elevados de CBD e baixos níveis de THC. Já a marijuana, por outro lado, possui concentrações mais elevadas de THC, sendo reconhecida pelas suas propriedades psicoativas. Essa distinção fundamental torna o CBD derivado do cânhamo legal em muitos países, desde que a sua composição contenha menos de uma percentagem específica de THC (0,2%, no caso de Portugal).

Sistema endocanabinóide ou SEC

No centro dos efeitos do CBD encontra-se o sistema endocanabinóide (SEC). Este é um sistema complexo de sinalização celular presente em todos os mamíferos, cuja função primordial é manter a homeostase, ou seja, o equilíbrio no corpo. O SEC é constituído por três componentes fundamentais: endocanabinóides, receptores e enzimas.

Os endocanabinóides são canabinóides naturais produzidos pelo próprio corpo. Dois dos endocanabinóides mais conhecidos são a anandamida e o 2-arachidonoylglycerol (2-AG). Estes endocanabinóides ligam-se aos recetores canabinóides denominados CB1 e CB2, os quais estão distribuídos por todo o corpo, mas encontram-se em maior abundância no cérebro e no sistema imunitário, respetivamente.

A Interação com o sistema endocanabinóide

Após o consumo, o CBD interage de maneira única com o Sistema Endocanabinóide (SEC). Ao contrário dos endocanabinóides, o CBD não se liga diretamente aos recetores CB1 ou CB2. Em vez disso, exerce uma influência indireta, modulando a atividade desses recetores e aumentando a produção de endocanabinóides.

Acredita-se que o CBD iniba a enzima amida hidrolase de ácido gordo (FAAH), responsável por degradar a anandamida. Como resultado, os níveis de anandamida aumentam, promovendo uma ativação prolongada dos recetores CB1, que desempenham funções na percepção da dor, no humor e na memória.

Adicionalmente, o CBD pode afetar indiretamente os recetores CB2 no sistema imunitário, contribuindo para a redução da inflamação e favorecendo o equilíbrio do sistema imunitário. Embora a interação do CBD com o SEC não seja totalmente compreendida, as pesquisas indicam que desempenha um papel significativo na promoção do bem-estar geral.

O CBD e a atuação no alivio da dor

Para além da sua interação com o Sistema Endocanabinóide (SEC), o CBD também influencia vários neurotransmissores no cérebro. Foi observado que o CBD modula a libertação de neurotransmissores como a serotonina e o ácido gama-aminobutírico (GABA).

A serotonina é um neurotransmissor fundamental na regulação do humor e do bem-estar mental. Ao afetar os recetores de serotonina, o CBD tem demonstrado potencial como ansiolítico, auxiliando na redução dos níveis de ansiedade e stress em algumas pessoas.

Além disso, o impacto do CBD na perceção da dor foi amplamente investigado. Ao interagir com os recetores vanilóides, o CBD pode contribuir para o alívio da dor e da inflamação. Esta característica torna-o uma opção promissora para aqueles que procuram alternativas naturais aos métodos tradicionais de gestão da dor.

As propriedades anti-inflamatórias

As propriedades anti-inflamatórias do CBD são amplamente documentadas, e esta faceta do composto apresenta um enorme potencial terapêutico. A inflamação é uma resposta natural do sistema imunitário a lesões ou infeções, mas a inflamação crónica pode contribuir para vários problemas de saúde. A capacidade do CBD de reduzir a inflamação pode ser benéfica em condições como artrite, doença inflamatória intestinal (DII) e outras situações semelhantes.

Os distúrbios de ansiedade, que afetam milhões de pessoas em todo o mundo, muitas vezes vêm acompanhados de efeitos secundários indesejados nos tratamentos convencionais. A interação do CBD com os recetores de serotonina no cérebro oferece alguma esperança para aqueles que enfrentam a ansiedade. Embora mais pesquisas sejam necessárias, estudos preliminares sugerem que o CBD pode ser útil no manejo de transtornos como a ansiedade generalizada, transtorno de ansiedade social e transtorno de stress pós-traumático.

Sistema imunitário neuroproteção com CBD

As potenciais propriedades neuroprotetoras do CBD têm despertado uma atenção significativa por parte dos investigadores. Estudos indicam que o CBD pode oferecer proteção às células cerebrais e contribuir para o tratamento de doenças neurodegenerativas, como Alzheimer e Parkinson.

Uma das maneiras pelas quais o CBD pode fornecer neuroproteção é por meio de suas propriedades antioxidantes. O stress oxidativo, causado por um desequilíbrio entre radicais livres e antioxidantes no corpo, pode resultar em danos celulares e contribuir para o desenvolvimento de condições neurodegenerativas. Os efeitos antioxidantes do CBD têm o potencial de neutralizar esses danos, promovendo a saúde geral do cérebro.

Além disso, as propriedades anti-inflamatórias do CBD podem desempenhar um papel na proteção cerebral. A inflamação está associada a diversos distúrbios neurológicos, e a capacidade do CBD de reduzir a inflamação pode ajudar a atenuar parte dos danos causados por essas condições.

A influência do CBD no sistema imunitário tem despertado crescente interesse entre os investigadores. Embora seja necessário realizar mais estudos para compreender totalmente o impacto do CBD na função imunitária, resultados iniciais sugerem que o CBD pode ter propriedades imunomoduladoras.

A interação do CBD com os recetores CB2 nas células imunitárias pode desempenhar um papel na regulação da resposta imunitária, reduzindo a inflamação e possivelmente auxiliando no tratamento de condições autoimunes. Além disso, os efeitos anti-inflamatórios do CBD podem contribuir para a sua influência positiva no sistema imunitário, apoiando a capacidade do corpo de manter o equilíbrio e a saúde.

Efeitos secundários do CBD

A influência do CBD no sistema imunitário tem suscitado um interesse crescente entre os investigadores. Embora seja necessário realizar mais estudos para compreender totalmente o impacto do CBD na função imunitária, os resultados iniciais sugerem que o CBD pode ter propriedades imunomoduladoras.

A interação do CBD com os recetores CB2 nas células imunitárias pode desempenhar um papel na regulação da resposta imunitária, reduzindo a inflamação e possivelmente contribuindo para o tratamento de condições autoimunes. Além disso, os efeitos anti-inflamatórios do CBD podem contribuir para a sua influência positiva no sistema imunitário, apoiando a capacidade do corpo de manter o equilíbrio e a saúde.

A Legalidade geral do CBD

O estado legal do CBD varia de país para país, tornando essencial que os consumidores compreendam as leis nos seus respetivos países ou estados. Em algumas regiões, o CBD é totalmente legalizado, enquanto em outras pode ser disponibilizado apenas para fins médicos ou até mesmo ser considerado ilegal.

Infelizmente, a falta de uniformidade nas regulamentações do CBD tem gerado desafios na indústria. Os consumidores devem priorizar a compra de produtos de CBD provenientes de empresas respeitáveis e transparentes (sim, como a HempyRoots 😉) que forneçam testes de laboratório de terceiros para garantir a qualidade do produto e a conformidade com os requisitos legais.

Legalidade do CBD em Portugal

No contexto da lei portuguesa, compreender a legalidade do CBD é crucial para aqueles interessados no seu uso. Portugal adotou uma abordagem progressista em relação à cannabis, incluindo o CBD, tanto para fins médicos como pessoais.

Limite de THC em Portugal

Os produtos de CBD vendidos em Portugal devem cumprir limites específicos de THC para serem considerados legais. Produtos com níveis de THC superiores a 0,2% não são permitidos para venda, pois são classificados como cannabis com concentrações mais elevadas de THC, permanecendo ilegais para uso recreativo.

Qualidade e Segurança

O governo português atribui grande importância à garantia da qualidade e segurança dos produtos de CBD disponíveis no mercado. Como resultado, as empresas respeitáveis aderem a rigorosas normas de fabrico e qualidade para cumprir as regulamentações e garantir a segurança do consumidor.

Cuidados a Viajar

Considerações de Viagem: É importante notar que, embora a posse de pequenas quantidades de produtos de CBD possa ser descriminalizada em Portugal, isso pode não ser verdade noutros países. Se planeia viajar internacionalmente com produtos de CBD, é de extrema importância pesquisar as leis e regulamentos específicos do país de destino para evitar possíveis problemas legais.

Conclusões

O crescente interesse em torno do CBD despertou uma onda de curiosidade sobre os seus potenciais benefícios e os mecanismos pelos quais atua. Compreender a ciência por trás do cannabidiol é crucial para tomar decisões informadas sobre o seu uso e identificar possíveis aplicações na saúde e bem-estar.

A interação do CBD com o sistema endocanabinóide, o seu impacto nos neurotransmissores e na percepção da dor, juntamente com as suas propriedades anti-inflamatórias, ansiolíticas e neuroprotectoras, todos contribuem para o seu potencial terapêutico. Embora a pesquisa sobre o CBD esteja em andamento e deva continuar por muitos anos, os resultados iniciais são promissores, e os cientistas continuam a explorar os diversos efeitos deste composto.

Ao considerar a integração do CBD na sua rotina de bem-estar, é fundamental consultar um profissional de saúde, especialmente se estiver a tomar medicamentos ou tiver preocupações de saúde subjacentes. Com um entendimento mais profundo da base científica do CBD, pode embarcar na sua jornada com este composto natural, explorando o seu potencial para apoiar a sua saúde e bem-estar geral.

E agora que chegou ao fim deste artigo, que tal explorar alguns dos melhores produtos de CBD disponíveis no mercado português? Dê uma vista de olhos à nossa loja online e descubra o produto de CBD ideal para si.

Se tiver dúvidas ou questões, entre em contacto, teremos todo o gosto em ajudar e aconselhar o melhor produto para si.

Deixe um comentário
Envios Gratuitos

Envio gratuito apartir de 30€

Garantia

Equipa de suporte e garantia.

Envios Internacionais

Fazemos envios para todo o Mundo

Compras Seguras

Multibanco/ MBWAY / Cartões